Uma folha

leaf

Uma folha. O seu cheiro. O seu toque. O som que se ouve quando movimentada pelo vento. Seguro-a. Observo o seu verde. Foi alimentada pelos raios de Sol, pela água da terra e a geada da noite. Ela é o fruto de todas as folhas que caíram. Que se decompuseram. Que se transformaram. Que se uniram com a terra. Toda a matéria que percorreu o universo e que passaram por todas essas folhas estão por entre os meus dedos. Essa matéria transformou-se. Átomos que dançam, que se ligam a outros. Nesta folha está a água que ingeri, usei e libertei. Está o ar que respirei e que percorreu todas as árvores, todas as plantas, todas a flores, todos os animais, todos os insectos. Se eu partilho matéria com um insecto, então nós somos uma única matéria com o universo. Juntamente com todos os objectos, com a natureza, com esta folha. O sol, o ar, a água estão em todos nós. Fazem parte de nós. E quando morrer alimentarei a terra, os insectos, as árvores, as folhas. Irei unir-me com os meus antepassados, com as minhas vidas passadas.
Se eu fizer mal esta folha, a uma árvore ou a um insecto, estarei a fazer mal a mim próprio?

Carlos Rocha “Escrita Criativa” – exercício de escrita livre, retiro de Verão UBP – Casa da Torre 24-8-2013

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s