encontro

The Appointment

What if, on the first sunny day,
on your way to work, a colorful bird
sweeps in front of you down a
street you’ve never heard of.

You might pause and smile,
a sweet beginning to your day.

Or you might step into that street
and realize there are many ways to work.

You might sense the bird knows some-
thing you don’t and wander after.

You might hesitate when the bird
turns down an alley. For now
there is a tension: Is what the
bird knows worth being late?

You might go another block or two,
thinking you can have it both ways.
But soon you arrive at the edge
of all your plans.

The bird circles back for you
and you must decide which
appointment you were
born to keep.

Mark Nepo

O encontro

E se, no primeiro dia de sol
no caminho para o trabalho,
um pássaro colorido
surgisse em frente de ti
numa rua desconhecida

Talvez pares e sorrias
um doce começo para o teu dia

Ou podes seguir por essa rua
e perceber que há muito caminhos para o trabalho

Talvez sintas que o pássaro sabe alguma coisa que
tu não sabes e vais segui-lo

Talvez hesites quando o pássaro
vira na próxima esquina.
E então há uma tensão
Será que o que o pássaro possa saber
justifica chegar atrasado?

Talvez continues mais um quarteirão ou dois
a pensar que talvez consigas as duas coisas
mas depressa chegas a um ponto de não retorno

O pássaro voa à tua volta
e deves decidir que encontro vais honrar

(conversa: José Eduardo Reis e Margarida Cardoso, 17 de Março 2013)

2 thoughts on “encontro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s