Desnudar-se


Às vezes sabemos sobre os outros coisas que não dizemos e que não lhes dizemos. Às vezes trespassamos os muros e somos íntimos da dor, da falta, da procura, tocamos uma beleza pungente, muito para além da barreira da pele e da rudeza das palavras. Às vezes os outros têm uma luz especial. A luz das coisas quebradas e ternas. Às vezes desviamos o olhar. Talvez por pudor. Poderíamos dizer tanta coisa e não dizemos. Mas sabemos.

2 thoughts on “Desnudar-se

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s