Instantâneo

Adormecida em Samarkand

A rosa do deserto transpira

pelos meus oitenta e quatro mil poros

O menino toca o saltério

e sopra rente ao início do mundo

Quieta

a madona reflete

com um unicórnio ao colo

sentada numa cadeira de lona

 

Pintura 1948-C, de Clyfford Still

2 thoughts on “Instantâneo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s